Oi oi gente, tudo bem?
O filme de hoje é bem diferente do que eu estou acostumada a recomendar aqui!
Que eu ando vivendo de netflix acho que todo mundo sabe, né? Esses dias, rodando por lá, encontrei A Girl Like Her no catálogo de filmes recomendados. Pela sinopse eu senti que seria um filme bem da bad mesmo, então dei play né! haha

O estilo do filme é bem diferente: é quase que um tipo de documentário. Obviamente, é um daqueles documentários “fakes”, com atores e etc, mas existem vários momentos do filme em que as filmagens são estilo documentários ou em primeira pessoa. É um drama e te faz pensar em bastante coisa enquanto assiste.

a girl like her

A Girl Like Her conta a história de Jéssica Burns, uma adolescente de 16 anos que vem sofrendo bullying na escola por uma antiga amiga, Avery Keller.
Logo no início do filme já vemos o quanto Jessica está mal com o que vem acontecendo e como ela não sabe mais lidar com aquilo, ao ponto em que ela simplesmente desiste: Jessica tenta suicídio.

O filme gira em torno do porque Jessica tomou todas aquelas pílulas, quem a assediava, como ninguém percebeu e etc.

Esse é um daqueles filmes difíceis de se resenhar porque não tem muito segredo, não há nenhum plot twist. A gente simplesmente vê o que algumas pessoas passam, o que a depressão pode causar, ou o quanto uma “brincadeira” pode ser fatal. É feito para nos fazer pensar que cada um sente de uma forma, cada um demonstra o que sente de uma forma. Jessica é o exemplo de quem sofre calada e acaba optando por tentar fazer a dor passar. Já no caso de Avery, temos o exemplo de quem sofre e opta por descontar em outras pessoas toda a dor que ela sente; ela quer que os outros sejam tão tristes quanto ela, mesmo sem ela perceber.

Temos um filme em que vemos todos os lados da história: a vítima, o assediador, a família, os amigos.. Como palavras ruins podem afetar uma pessoa, e afetar todos ao redor também. A Girl Like Her mostra que tentativas de suicídios não são para chamar a atenção ou fraqueza, mas sim por esgotamento mental. Alguém que tenta suicídio está apenas tentando se livrar da dor, fazer tudo aquilo acabar.

Mostra que, na maioria das vezes, quem muito faz sofrer é porque sofre também.

O filme não me decepcionou. Achei bem realista e me comoveu bastante. Só sei que no final do filme eu tava chorando de soluçar HAHAHAH

Você já passou por algo parecido? Já assistiu A Girl Like Her?

Deixa aí nos comentários o que vocês acharam do filme, o que pensam sobre bullying e etc!

E pra quem ainda não assistiu, olha o trailer aí!

Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.