Tag: netflix

DARK: A NOVA SÉRIE ORIGINAL NETFLIX

QUEM JÁ ASSISTIU DARK? :O

Genteeee, eu terminei de ver essa série a uns dias atrás e fiquei de boca aberta!

Claro que eu não podia deixar de vir falar dela por aqui, não é?

Fazia um tempo que não via uma série que me deixasse tão confusa! Inclusive, que crise existencial que ela causa, hein? Hahahaha. Me deixou pensando em tantas coisas, possibilidades. Ahhh, Dark! Dessa vez a Netflix acertou!

Achei beeeem “parecido” com Stranger Things, mas a gente fala mais sobre isso no vídeo, então, dá o play aí!

Gravei junto com o Alisson porque acho que esse tipo de conteúdo fica mais bacana com mais pessoas, pra rolar um debate. E dá pra debater sobre Dark por hooooras, mas, como o vídeo é sem spoilers, a gente falou só o básico rs. 

Se vocês quiserem a gente pode fazer um vídeo explicando a série e falando sobre as teorias.. que tal?

Quer saber mais sobre a série? Tá aí a sinopse:

Criado por Jantje Friese e Baran bo Odar, o suspense é ambientado em Wilden, uma tranquila cidade do interior da Alemanha. 

A história acompanha quatro diferentes famílias e como Suas vidas pacatas são completamente atormentadas quando duas crianças desaparecem misteriosamente e os segredos obscuros das suas famílias começam a ser desvendados.

A segunda temporada de Dark já foi renovada pela Netflix, mas ainda não tem data de lançamento. Quero pra já!

Mas enquanto isso, que outras séries vocês me indicam? Tenho tantas na fila de espera: Prison Break, Breaking Bad (sim, nunca assisti, pasmem!), Reign, Riverdale, Orange is the new black.. ahh, são muitas! Isso que tenho várias em andamento hahaha. Ando assistindo Outlander e curtindo bastante, vocês conhecem? Fala um pouquinho sobre bruxaria, história holandesa, costumes.. é bem interessante! Estou na segunda temporada ainda mas sei que já saiu a terceira.

E aí, se interessou por Dark? Vai assistir ou não?

E você que já assistiu, o que achou?

JOGO PERIGOSO: O NOVO TERROR PSICOLÓGICO DA NETFLIX

O LAR DAS CRIANÇAS PECULIARES

ALICE ATRAVÉS DO ESPELHO

Beijinhos!

JOGO PERIGOSO: O NOVO TERROR PSICOLÓGICO DA NETFLIX

E aí, gente bonita! Tudo bem?
Faz tempo, I know, mas esse bloguinho aqui não seria meu cantinho se não tivesse post falando sobre filmes, né? O escolhido da vez para o nosso Dia da Pipoca foi o lançamento da Netflix: Jogo Perigoso, baseado no livro de Stephen King. E esse post foi escrito com todo o carinho pra vocês, sem spoilers! 😀

Jogo Perigoso Stephen King Gerald's Game filme netflix lançamento blog amores e chiliques socorro sp

Com o boom que o último filme, It: A Coisa, baseado em um dos livros do autor teve, a netflix e outros estúdios de cinema estão apostando em outros filmes do gênero. Pra quem não conhece (acho meio impossível, mas né) Stephen King é um escritor americano super reconhecido pelas suas histórias de terror, fantasia e ficção. Filmes como: O Iluminado, Carrie, À Espera de um Milagre e O Nevoeiro foram todos baseados nos incríveis contos do autor.

O cara já escreveu mais de 40 livros! E a maioria são muito aclamados pela crítica, isso não é pra qualquer um não haha.

Fica difícil falar sobre o filme sem nunca ter lido o livro, mas vamos lá.

Dirigido por Mike Flanagan, Gerald’s Game (Jogo Perigoso pra nóis do Brasilzão), conta a história de Jessie (Carla Gugino) e Gerald (Bruce Greenwood), um casal que está passando por problemas no relacionamento e decidem por passar um fim de semana romântico em uma casa no lago longe da cidade para tentar apimentar a relação com alguns joguinhos sexuais. O problema começa quando Jessie se sente desconfortável com a situação e pede para seu marido parar. O casal tem uma breve discussão e Gerald de repente tem um ataque cardíaco e cai morto, deixando Jessie algemada na cama, sozinha (não é algeminha de pelúcia não, hein? Hahaha).

Quando a netflix lançou o trailer muitas pessoas acharam que seria um filme cheio de acontecimentos sobrenaturais, coisas bizarras e até mesmo jumpscares (aquele pulinho que a gente dá ao levar um susto), inclusive eu. Não esperava nenhum susto, mas tinha na minha cabeça que seriam tratados assuntos como espíritos ou assassinos em série. Acontece que o filme não tem nada disso.

Temos aí, 1h40 minutos de tela, onde o roteiro é inteiramente trabalhado em cima dos momentos em que uma mulher fica presa na cama.

Mas, pera aí Bruna! Uma hora e meia de filme e só acontece isso?

Sim. Mas é a forma como eles tratam esses momentos que tornam o filme interessante. Temos um roteiro bem desenvolvido que não te deixa olhando para o relógio e te mantem tentando entender como a personagem principal, Jessie, vai sair do baita problema em que ela se encontra. Ao conhecer melhor a história da protagonista a gente passa a entender muita coisa.

Não classificaria como um filme de terror, mas um drama com uma pegada de horror psicológico.

Todo o “terror” é carregado pela ideia de estar algemada em uma cama, sozinha, sem água ou comida e nenhum vizinho por perto. O filme trata vários assuntos pesados e pode ser um certo gatilho para algumas pessoas. Coisas como: necrofilia, estupro e sadomasoquismo.

Jogo Perigoso te faz refletir e mostra como um trauma pode ser levado para o resto da vida de maneira sutil, sem que a pessoa perceba.

É excelente para quem gosta de psicologia. Trata de experiências emocionais profundas e vemos Jessie em um estado totalmente devastado e encarando seus próprios fantasmas.

Se você, assim como eu, tem um lugarzinho no peito especialmente para histórias que abordam o psicológico então você vai curtir esse filme! Jogo Perigoso vai te deixar curioso, com raiva, agoniado e profundamente tocado.

O final do filme foi a única coisa que não se encaixou direito para mim. Dei uma pesquisada e aparentemente o livro termina da mesma forma, então Stephen King quis dar uma bizarrice a mais ao conto.

No geral eu curti bastante o filme! Apesar de ser um pouco “parado”, valeu muito a pena. Me lembrou um pouco o filme 1408 pela forma em que o roteiro é contado.

E você aí, já assistiu Jogo Perigoso? Ou talvez já tenha lido o livro? O que achou?

Pra mim a Netflix dessa vez acertou! Haha

Se você ainda não assistiu, corre lá e depois vem comentar aqui comigo!

LOGAN: O ÚLTIMO FILME DO WOLVERINE

A GIRL LIKE HER | BASEADO EM FATOS REAIS

Beijos!

NARCOS | DIA DA PIPOCA OU DE MARATONA?

E aí, gente! Tudo bem?
Eu sempre falo de filmes no dia da pipoca mas essa semana eu ando tão viciada em uma série que eu não podia deixar de falar sobre ela aqui no blog! Vocês já assistiram Narcos?

Narcos foi lançada na Netflix no dia 28 de Agosto de 2015 (dia do meu niver yey) e conta a história de Pablo Escobar. A série é inspirada em acontecimentos reais, não tão antigos, da década dos anos 80 lá na Colombia. É uma série americana com produção colombiana e brasileira, com 10 episódios por temporada.

narcos wagner moura

O nome Narcos vem da abreviação da palavra narcotraficante. Em inglês, a palavra também pode ser usada para falar de um agente da polícia que cuida da parte do tráfico.

A primeira temporada é bem intensa e vários anos são contados durante esses 10 episódios, com foco na ascenção de Pablo Escobar no mundo das drogas e da política. Pra quem (mais…)

SE ENLOUQUECER NÃO SE APAIXONE | DIA DA PIPOCA

Olá pessoas, como vocês estão?
Alguém aí já assistiu o filme Se Enlouquecer, Não Se Apaixone?

Essa semana foi a semana da bad, passei todas as noites na netflix hahaha. Aí, terça feira eu encontrei esse título lá na seção de comédia/romance, e não resisti em assistir! Já tinha ouvido falar dele antes mas não fazia ideia se era bom ou não.

SE ENLOUQUECER NAO SE APAIXONE

Se Enlouquecer Não Se Apaixone é um filme antiguinho já, foi lançado em 28 de Janeiro de 2011, de gênero drama/romance. É baseado no romance de Ned Vizzini, e foi dirigido por Anna Boden e Ryan Fleck.

O filme conta a história de Craig, um menino de 16 anos que está extremamente estressado com toda a pressão que a família, amigos e a escola coloca em cima dele. Se sentindo sozinho e cansado, Craig tem pensamentos suicidas, até que um dia ele resolve fazer algo para melhorar. As 5h da manhã de um Domingo ele decide ir até o hospital de sua cidade a procura de uma solução. Ao conversar com o médico, Craig acaba sendo internado na ala de Psiquiatria para Adultos e precisa ficar lá em observação por pelo menos 5 dias.

A história começa (mais…)